O-Lodo-as-Estrelas-e-os-Sábios

Documentário / Centrais Hidroelétricas

O Lodo, as Estrelas e os Sábios

“O Lodo, as Estrelas e os Sábios” é um documentário que vive entre a coragem da aventura modernista de um conjunto de jovens arquitetos, nos anos 50 e 60 do século passado, num lugar remoto, e a dura experiência humana, feita de muito esforço e suor, de a construir.

Trailer

A ação é um intercalar entre a visita da arquiteta e professora Graça Correia Ragazzi e um jovem arquiteto às centrais hidroeléctricas, situadas em Trás-os-Montes, junto à fronteira Portugal-Espanha, e textos retirados do polémico “O Lodo e as Estrelas”, escrito por um padre (o padre Telmo Ferraz), sobre os trabalhadores, seres humanos frágeis, muitas vezes doentes, a viver longe das famílias, que ouviu com grande sensibilidade. Inclui ainda uma surpresa proporcionada a um dos arquitetos do empreendimento, João Archer de Carvalho, personalidade fundamental para explicar como se processaram os trabalhos e como se construiu obairro onde habitaram os trabalhadores, o pessoal especializado e o pessoal dirigente (os “sábios”, segundo se dizia).

Assim se consegue ter um retrato completo , com uma componente ao mesmo técnica e funcional, dedicada ao objetivo de eletrificação do país, a estética de vanguarda (sobretudo para a altura) e a dimensão humanista fundamental para se perceber o que era viver num Portugal pobre, feito de gente que tinha de lutar para viver com o mínimo de dignidade que muitas vezes lhe era negada.

O trabalho é assinado, tal com aconteceu com o documentário sobre o arquiteto Ruy d’Athouguia e o arqueólogo Cláudio Torres, por Ricardo Clara Couto e Nuno Costa Santos. A produção volta a ser da Clara Amarela Films.

O lodo, as estrelas e os sábios..00_46_58_01.Still035-min
O lodo, as estrelas e os sábios..00_07_26_11.Still008-min

Ficha Técnica

Realizador
Ricardo Clara Couto

Autoria
Ricardo Clara Couto
Nuno Costa Santos

Conteúdos
Nuno Costa Santos
Graça Correia Ragazzi

Pesquisa
Graça Correia Ragazzi
Nuno Costa Santos
Ricardo Clara Couto
Francisco Pina Cabral

Animações
Milene Carvalho

Diretora Executiva
Mónica Reis de Castro

Direção de Produção
Mafalda Amâncio

Produção
Filipa Lima Félix

Diretor Fotografia
Vaz de Luís

Assistentes de Imagem
Carlos Góis
João Apolinário
Joana Malaquias
Eddie Oleque

Áudio
Tito Pires
João Ferreira
Hugo Martins

Edição
Paulo Marques
Ricardo Clara Couto

Motion Graphics
Milene Carvalho

Correção de Cor
ZOF

Pós-Produção Áudio
Carlos J. Vales – Auditiv

Locução
Simon Frankel
Jorge Fernandes